Comunicação de utilidade Pública

Hoje vamos compartilhar um apelo enviado por um de nossos seguidores, confira:

Boa noite sei que poucas pessoas vão ler essa publicação mas aqueles que puderem ajudar qualquer informação é bem vinda.

Minha tia Zélia dos Santos Silva está a procura da filha há mais de 38 anos , quando jovem ainda com 28 anos minha tia foi para João Pessoa e lá acabou engravidando, sem ter condições de criar a filha e sem aceitação da família ficou trabalhando na casa de dois senhores no bairro do Varjão. Na época eles tinham uma bodega nesse bairro , minha tia tem problemas na visão desde jovem e quando foi ter a menina essa senhora disse que a levou num hospital Santa Mônica , mas já procurei e não achei esse hospital , acontece que na época minha tia estava “cega”, além disso analfabeta podem ter levado ela para qualquer hospital para ter a menina .

Três dias após o nascimento , essa senhora para qual ela trabalhava junto com seus filhos arrumaram um casal para dar a menina, pois minha tia cega não teria condições nem físicas, e na época tampouco financeira. Em resumo da história, já procurei pelo hospital e não existe,quem souber se na época no ano de 1982 tinha alguém que ia para João Pessoa para esse Bairro de Varjão ou Rangel como hoje o bairro é conhecido, peço encarecidamente que nos ajudem. É o apelo de uma mãe que não teve chance de criar sua filha muito menos escolha.

Qualquer informação a respeito do bairro ou de alguma moça que tenha 37/38 anos pois como minha tia era cega, essa senhora junto com o casal fizeram com que ela assinasse com a digital do dedo já que era analfabeta e pode ser que tenham feito um registro que de alguma forma “desse” a menina , minha tia está com 66 anos já procurei muito e anseio por realizar o sonho dela de conhecer a filha ter notícias de seu paradeiro qualquer coisa que seja, ela só quer ter descanso de saber onde sua filha foi parar.

Por favor me ajudem qualquer informação é válida. Grata pela atenção de quem leu até o final, Deus abençoe . Essa foto abaixo é da minha tia talvez possa ajudar . Ela chora muito pq não consegue encontrar sua filha.

Nos ajudem!