A Justiça determina bloqueio de R$ 2,5 mi em títulos de previdência privada, além de imóveis, terrenos e propriedade rural

O recurso buscando o desbloqueio de bens do ex-governador, Ricardo Coutinho (PSB), que cumpre medidas cautelares após ser preso na Operação Calvário, acabou não prosperando e resultou no bloqueio de títulos de previdência privada estimados em R$2.492.194,00. Além de BLOQUEIO de:

1) Imóvel localizado no Condomínio Bosque das Orquídeas, no 600, Casa 426, Portal do Sol, João Pessoa-PB;

2) Terrenos – lotes 23 e 25, localizados na Rua dos Cajueiros, Ponta do Seixas, João Pessoa-PB;

3) Imóvel localizado na Rua Desportista Aurélio Rocha, no 655, bairro dos Estados, João Pessoa-PB;

4) Terra nua em uma área rural de 4 hectares, localizada no Município de Bananeiras-PB.

O juiz Wolfram da Cunha Ramos atendeu apenas o pedido do réu no que diz respeito a liberação do último salário antes do bloqueio o que soma pouco mais de R$ 25 mil.

A decisão atende solicitação do MPPB/Gaeco.

 

Leia a decisão completa no Link abaixo:

http://www.blogdojanildo.com.br/wp-content/uploads/2020/06/DECISAO-Processo-0003378-80.2020.815.2020-INDEFERINDO-RECONSIDERA%C3%87%C3%83O-E-NOVO-BLOQUEIO.pdf