Na manhã desta terça-feira (4), o governador João Azevedo apresentou proposta de 10% nos salários e incorporação de 80% na bolsa desempenho.

Segue o impasse dos policiais militares e Corpo de Bombeiros com o governo da Paraíba na discussão em torno de um aumento de salário da categoria. Nesta quarta-feira (5), o presidente do Clube dos Oficiais da Polícia Militar da Paraíba, coronel Francisco, disse que a categoria espera um acordo em cima de 100% para a bolsa desempenho e reajuste salarial de 20%.

Na manhã desta terça-feira (4), o governador João Azevedo apresentou proposta de 10% nos salários e incorporação de 80% na bolsa desempenho. “O problema da nossa lei de proteção social, ela já nos penalizou. Nós estamos pagando, desde 2020, e todo ano de 2021, uma alíquota bastante forte. Mas a lei também tem alguma coisa de bom, pra cobrir um pouco isso. Então é a paridade e integralidade – e esses dois pilares do sistema de proteção social, eles têm que está contidos na nossa proposta”, afirmou o coronel Francisco,

O parcelamento para incorporação, em três anos, no entanto, não é problema para os militares. A próxima reunião das entidades policiais com o governador João Azevêdo (Cidadania) está marcada para esta quinta-feira (6).

noticiasdovalepb.com