Um pastor de 52 anos foi preso, nesta quinta-feira (30), com mais de 3 mil imagens de pornografia infantil em uma lan house. O caso espantou os moradores da cidade de Goiânia, em Goiás.

No momento da prisão, o homem estava baixando imagens de sexo explícito com crianças. Ele usava 5 pen drives para salvar o conteúdo e confessou sentir prazer ao assistir as cenas. As informações são de acordo com o Sistema Globo.

Os policiais foram até a casa do suspeito, mas nenhum material ilícito foi encontrado. O pastor foi levado para a sede da Polícia Federal, que deve continuar as investigações, por se tratar de um crime de competência da Justiça Federal, conforme entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF).