No final do exercício financeiro de 2018, sob a Presidência de Antonio Azevedo Xavier (Hermógenes), tendo como 1º Secretário o Vereador Francisco Ferreira da Silva (Souzinha) e como 2º Secretário o Vereador Cícero Fábio da Silva, a Câmara de Piancó tinha em caixa cerca de 145.000.00 (cento e quarenta e cinco mil reais).

A Mesa Diretora da época formada pelos mencionados parlamentares, motivados por querela meramente política e tentando resguardar as percas salarias nos vencimentos dos vereadores, já que por decisão judicial tinha diminuído, ao invés de devolverem esse saldo em caixa aos cofres do município, depositaram irregularmente em conta judicial.

Diante deste fato a atual Mesa Diretora da Câmara Municipal de Piancó por meio da sua assessoria jurídica, peticionou no judiciário uma solicitação para a devolução dos recursos existentes nesta conta judicial.

Após esse pedido formulado pela Mesa Diretora, a Juíza da 2° Vara Vara Mista de Piancó, Dra Vanessa Moura Pereira Cavalcante acatou e determinou a devolução do dinheiro.

Não seguindo esse exemplo, no final do exercício financeiro de 2019 a atual Mesa Diretora devolveu cerca de 150.000.00 (cento cinquenta mil reais) aos cofres do município para que fossem investidos em obras para a população.