O governador João Azevêdo (Cidadania) descartou qualquer discussão sobre mudanças no comando da Polícia Militar. Ele disse que a pauta de discussão com a polícia, é exclusivo sobre a Lei de Proteção Social e remuneração da categoria. Os policias saíram às ruas para pedir a exoneração do coronel Euller.

“Não, absolutamente, até porque eu não aceitaria essa pauta nessa reunião, de forma nenhuma. Nós tivemos uma reunião para discutir questão de legislação e remuneração, mas jamais para discutir esse tipo de coisa, isso não foi pautado aqui não”, avisou.