Cantor não só rompeu a parceria musical com o escritório de Leonardo, como também a abriu uma empresa para gerenciar a carreira de sertanejos

O caldo já vinha azedando faz um tempo. Eis que nesta quinta-feira (2), Eduardo Costa e Leonardo colocaram um ponto final da parceria de 13 anos.

Costa anunciou que a Talismã, empresa de Leonardo, deixou de gerenciar a carreira dele. Mas não foi só isso. Além de se ‘separar’ comercialmente de Léo, Eduardo Costa resolveu abrir sua própria empresa de gerenciamento de artistas.

O cantor acaba de criar a Ecxpetaculo Music e Expetaculo Records, que vai cuidar dos próximos projetos musicais de Eduardo Costa e de outros cantores também. Sim, Costa quer empresariar artistas novos e cantores renomados, assim como a Talismã faz. Resumindo: Leonardo e Eduardo Costa não só romperam como agora são concorrentes no mundo dos negócios.

Leo e Eduardo garantem que a ‘separação’ não terminou em briga, mas é fato que desde 2018, quando ainda participavam da turnê  de “Cabaré”,  a relação entre os dois não é a mesma.