O coordenador da Frente de Proteção Etnoambiental Uru-Eu-Wau-Wau (FPEUEWW) da Fundação Nacional do Índio (Funai), Rieli Franciscato, 56, morreu nesta quarta-feira (09) após ser flechado por indígenas. O caso aconteceu em Seringueiras, em Rondônia.

De acordo com o Sistema Globo, Franciscato estava em uma missão na região com apoio da Polícia Militar (PM) quando foi atingido pela flecha. Ele foi socorrido e encaminhado hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Rieli Franciscato fazia um trabalho de proteção aos indígenas isolados da Amazônia. Ele defendia o não contato com o grupo e atuava para evitar um conflito com a população local. Também fez parte da equipe que demarcou a primeira terra exclusiva para indígenas isolados.