O governador João Azevêdo se reuniu, nesta quinta-feira (25), em Brasília, com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, ocasião em que apresentou projetos da gestão estadual, entre eles obras importantes para o Porto de Cabedelo.

Durante a reunião, foi discutida a conclusão da dragagem do Porto. As estruturas de acesso aquaviário do Porto de Cabedelo têm 11 metros de profundidade, mas operam com calado oficial de 9,14 metros devido a pequenos trechos que restam ser derrocados.

Com a dragagem, será realizada a manutenção de toda extensão do canal e bacia de manobras, além da retirada da derrocagem, possibilitando assim a operação no Porto com 11 metros de calado.

A dragagem permitirá que os navios que hoje adentram o recinto portuário com carga limitada a 35 mil toneladas passem a atracar e desatracar com sua capacidade total de carga embarcada, ou seja, com até 55 mil toneladas.

Em Brasília, o governador João Azevêdo também solicitou a renovação da delegação do Porto de Cabedelo por mais 20 anos. “O ministro nos confirmou que nos próximos 45 dias estaremos sendo convidados a assinar esse termo, o que é essencial porque permite que o estado projete ações futuras para o local”, destacou o governador.

Acompanharam a reunião, o vice-presidente do Senado Federal, senador Veneziano Vital do Rêgo; os deputados federais Efraim Filho (líder do Democratas) e Hugo Motta (líder do Republicanos), além dos secretários de estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga; chefe do Governo, Ronaldo Guerra; e executivo da Representação Institucional, Adauto Fernandes.