O comunicador Ediglei Cordeiro, de São Vicente do Seridó, Paraíba, denunciou um ataque que sofreu nesta quinta-feira (21). O carro de Ediglei foi perfurado a bala na porta do estúdio onde ele apresenta o programa “A Tribuna do Povo”. O apresentador ligou o ataque a promessa que fez para o programa que apresentaria hoje, na chamada, ele diz que vai revelar “uma bomba” sobre a política do município.

Logo após entrar no estúdio com sua mãe de 82 anos, o carro do apresentador foi alvejado por uma pessoa que estava em uma moto, o jornalitsa conta que a mãe ficou muito abalada com a situação e fala sobre a insegurança no município.

Questionado sobre se ainda vai fazer a denúncia que prometeu em seu programa, ele responde que teme pele sua vida e da sua família, e destaca que São Vicente do Seridó é uma das cidades mais violentas do estado.

“A gente teme pela vida da gente, a gente teme pela família, a violência aqui tá terrível, São Vicente do Seridó é uma das cidades mais violentas do estado”

A polícia militar foi acionada após o ocorrido. O comunicador conta que havia feito um Boletim de Ocorrência há quatro meses atrás porque tinha sido alvo de ameaças; ele destaca que o ataque não foi contra “uma pessoa, mas contra imprensa.”

Confira