ESPORTE

Ex-vendedor de geladinho virou "novo Hulk" com sucesso em Portugal

22/02/17 - 15:18

O início impressiona: três jogos e quatro gols marcados. Até então desconhecido, Tiquinho Soares já virou referência do ataque do Porto e provoca nos torcedores a lembrança do atacante Hulk, pela posição em que atua e pelo fato de ter nascido na Paraíba. Aos 26 anos, a ascensão em Portugal o deixa com possível protagonista na importante partida nesta quarta-feira (22), contra a Juventus, no estádio do Dragão, em Porto, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

 

Tiquinho fez dois gols logo em sua estreia, no dia 4 de fevereiro, diante do rival Sporting de Lisboa - time venceu por 2 a 1. Ao marcar nos triunfos diante do Vitória de Guimarães (2 a 0) e Tondela (4 a 0), atingiu o melhor início da história de um jogador do Porto. Mas afinal: quem é Tiquinho Soares?

 

Tiquinho é Francisco Soares. Natural de Sousa, no interior da Paraíba, ganhou o apelido da mãe por conta do porte físico franzino quando criança. Na época, o menino se ocupava com o futebol nas peladas do bairro, com os estudos e o trabalho de vender geladinho para ajudar os pais.

"Sempre tive de ajudar os meus pais. Éramos muito humildes. O meu pai era pedreiro e minha mãe vendia geladinho. Quando não trabalhava com eles, batia a minha peladinha. Quando tinha jogo no meu bairro, a minha mãe fazia geladinhos e eu ia vendê-los. Eu e a minha irmã nos virávamos muito para ajudar. Eles são tudo para mim. Devo tudo aos meus pais", contou Tiquinho em entrevista ao Porto.

 

No futebol, Tiquinho Soares iniciou a carreira no América-RN. De lá partiu para o CSP, de João Pessoa. Passou ainda por vários clubes, como Corinthians-AL, Palmeira-RN, Sousa, Botafogo-PB e Cerâmica-RS, antes de iniciar a sua aventura internacional no Nacional da Madeira. Após um belo início no futebol português, disputando a segunda divisão, acabou se transferindo para o Vitória de Guimarães.

 

Na temporada 2016/2017, marcou nove gols em 22 jogos e passou a conviver com uma série de especulações de transferências. Na janela do inverno, o Porto desembolsou 6 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões) para contar com o atacante.

 

Tiquinho virou o "novo Hulk" para a torcida do Porto, saudosista do brasileiro tricampeão português e de tantos gols marcados (78 em 170 jogos entre 2008 e 2012). A história do centroavante no clube está apenas começando, mas o final dela pouco importa. Tiquinho Soares já se considera um vencedor

 

"Quando olho para o meu passado e para o passado da minha família isso é o que me motiva para continuar a trabalhar e a buscar os melhores objetivos. O meu sonho sempre foi futebol, vivia futebol, dormia e acordava com o futebol. Hoje estou aqui em nome da minha família", destacou.

 

 

uol

COMENTÁRIOS