PARAÍBA

Novo presidente do PEN na Paraíba diz que seu professor de Política é Jair Bolsonaro

26/09/17 - 00:00

O Partido Ecológico Nacional (PEN), futuro “Patriota”, está de dirigente novo na Paraíba. Consultor de segurança e empresário da área de tecnologia, Julian Lemos, assume o espaço então ocupado pelo irmão do deputado estadual Branco Mendes, Juracy Mendes, e deixa claro qual será o papel do partido nas eleições de 2018: trabalhar para eleger o polêmico deputado federal Jair Bolsonaro presidente da República.

 

De acordo com Julian, ele já responde pelas articulações do PEN no Estado e deverá soltar uma nota oficial nos próximos dias. Embora nunca tenha feito política partidária, o dirigente explicou que sua ligação com Bolsonaro foi o fator determinante para fazê-lo assumir a sigla na Paraíba.

“Essa articulação existe pelo fato de além de eu ser da mais alta confiança do deputado Jair Bolsonaro, já desenvolver um trabalho com ele aqui, de levar as propostas dele, entendermos que podemos fazer uma construção em cima de uma ideologia diferente de política, que é o que tem sido a plataforma do Jair em todo o Brasil”, disse.

 

O empresário ressaltou que o partido será rígido nas suas diretrizes e que os valores preservados pela legenda serão inegociáveis. “Acreditamos que podemos fazer alguma coisa no Brasil sem a corrupção, o conchavo, rolando grana para todo lado. Baseado nisso, as escolhas do partido serão feitas dessa forma. O estatuto do partido deixa claro que não faremos nenhuma coligação com os partidos de esquerda e a nossa ideologia será muito forte a frente do partido”, adiantou.

 

Diante disso, os deputados estaduais Branco Mendes e Edmilson Soares, aliados do governador Ricardo Coutinho (PSB), ficarão em uma situação delicada dentro do partido. Segundo Julian, a nova direção não tem a intenção de “expurgar” ninguém, contudo, eles terão que seguir a linha imposta pela direção estadual. “Eles é que vão ver se seguem as diretrizes do partido. Eles vão falar por eles. Baseado na aliança com o Governo do Estado não se encaixaria dentro da nossa forma de ver a política que precisamos para o nosso Estado e para o nosso Brasil”, disse.

 

O novo dirigente partidário disse ainda que vai trabalhar para filiar bons nomes da política e não adiantou se vai disputar um cargo em 2018. Estreante na política partidária, Julian ressalta que tem na figura de Jair Bolsonaro um professor: “Eu venho em cima de movimentos pró-República, de patriotismo, estudando tudo isso. Então eu tenho um professor, que é o Jair Bolsonaro. Ele é o meu líder político. A gente tem caminhado há alguns anos ao lado dele e ninguém melhor do ele para ensinar o que é política”, afirmou.

 

F5Paraíba com Blog do Gordinho 

COMENTÁRIOS